City Tour

Posted on fevereiro 18, 2008

1


O city tour saiu às 15h num micro-ônibus. Eu, minnie e vários gringos bem mais velhos.

Começou pela Puerta de la Ciudadela. Este monumento que fazia parte das edificações de defesa de Montevideo. Esta edificação teve o início de sua construção em 1742 e levou 40 para conclusão. Em1742 passou por demolição para construção da Plaza Independezia.  Passamos ainda pela Ciudad Vieja, Plaza Constituición, Cabildo e Iglesia Matriz – maior templo católico do país, data de 1804.


Puerta de la Ciudadela

Iglesia Matriz
Iglesia Matriz

A seguir passamos pelo Teatro Solis, teve sua construção iniciada em 1841, com materiais trazidos do exterior.

Voltamos à Plaza Independencia onde revimos a estátua de José Ervasio Artigas, que foi chefe dos orientais, grupo responsável pela independência do Uruguai.

Além disso, soubemos que Palacio Salvo foi inaugurado em 1928, com seus 95 metros e 27 andares, era o prédio mais alto da América do Sul na época.


Palacio Salvo

Outro prédio importante na praça é o Palacio de Justicia que está inacabado, em 2007 reiniciaram-se as obras para utilizar o palácio como sede da presidência da república e outras dependências públicas e privadas.


Acho que é esse dos vidros aí.

Até então tudo bem conhecido dada a proximidade ao hostel.

Fomos então para os bairros de Prado – mais antigo com casa bem bonitas e Carrasco – mais rico, mais afastado, era uma antiga propriedade que foi loteada para fazer um balneário para os mais ricos de montevideo.

Passamos pelo Estadio Centenário (essa hora eu tava dormindo), e depois acordei para ver o Palacio Legislativo, construção inaugurada em 1925.


Estádio Centenário

Palacio Legislativo

Mais umas voltas, uns parques, umas piadas, umas cochiladas. Vimos o Hotel Casino Carrasco que está desativado e em reforma.


Não deu pra tirar o prédio todo.

  E finalmente a Plaza da Armada onde o vento nos impediu de tirar boas fotos. (tá talvez a culpa não seja só do vento). Mas foi a melhor vista da cidade, dá pra ver a orla (rambla) toda.

Sol das 18h, muito lindo!

Voltamos pela rambla nas praias como Punta Gorda, Malvin e Pocitos. Retornando para o hostel. Valeu a pena o city tour, até com a dormida, e o guia era todo cheio das piadinhas.

Recomendo se você não se importar de pagar pois poupa alguns esforços de encontrar os lugares e saber informaçõe sobre eles. Em três horas dá pra ver boa parte da cidade.

Pronto, acabou!

Anúncios
Marcado: