Maní

Posted on agosto 27, 2008

2


Fui ao Maní (Rua Joaquim Antunes, 210 – Jd. Paulistano). Levei Talitinha comigo. Na verdade ela me ligou do nada no domingo, fomos então almoçar.É disso que eu gosto na Talita, ela confia nas minhas decisões – gastronômicas, pelo menos.

 

O restaurante fica meio escondido, mas tem uma árvore na entrada que ajuda na localização. Eu já tinha ido uma vez quando a Rita estava fazendo um estágio lá. A Rita é de Porto Alegre e trabalha com gastronomia lá. Ela é triquerida!

 

Os chefs são Helena Rizzo e Daniel Redondo. Ela brasileira, ele espanhol. O cardápio é enxuto, com tendência leve e saudável. Tem boas opções rápidas e mais econômicas para o almoço. Os produtos utilizados são orgânicos. E além da influência espanhola os pratos também têm toques orientais no uso do wasabi e do shissô.

 

O ambiente é bem aconchegante. Na entrada se pode ver a cozinha através de vidros amarelos. Aliás, encontrei a Ju R. da minha turma atrás desses vidros. A área de espera tem sofás bem confortáveis. Tem uma área externa com mesas grandes e bancos. A decoração é bem rústica. De dia é bem iluminado e de noite mais intimista. Durante nosso almoço tocava Amy Winehouse (Frank – adoro esse cd). Só a cadeira que eu acho um pouco desconfortável.

 

Eu gosto do couvert (de lá R$8,50 almoço e R$10 jantar) porque têm as lascas de polvinho (biscoito de polvinho em forma de folha) e o pão com figos secos também é muito bom e chega à mesa quentinho. O cardápio tem uma boa relação de petiscos e entradas, mas fomos direto para os principais. Dá vontade de comer todos!

 

Couvert: lascas de polvinho e pães quentinhos

Manteiga, queijo de cabra com pimenta rosa, coalhada

Como eu não estava (nem sou) muito protéica, fiquei no nhoque de mandioquinha com pesto de azedinha e pinolis torrados e lascas de parmesão. Delicioso! Talitinha foi de Bacalhau a Braz (desfiado com julienne de cebolas, cubinhos de bacon, ovos e batata palha). Ela adorou também. Os pratos realmente são leves e bem equilibrados.

 

Nhoque de mandioquinha com pesto de azedinha pinoles torrados

Bacalhau a Braz

Para sobremesa, eu já tinha provado o “ovo” (sorvete de gemada, espuma de coco e coquinhos crocantes), então essa foi a escolha da Talita. É muito bom.  A espuma é super leve, os coquinhos super crocantes e o sorvete tem consistência e sabor na medida. Eu provei a infusão de frutas vermelhas com especiarias, sorvete de baunilha e raspadinha de sangria. Não amei, mas adorei a raspadinha de sangria!

 

infusão de frutas vermelhas com especiarias, sorvete de baunilha e raspadinha de sangria

O "ovo"

O "ovo"

 

 

 

 

Ah, tomei água de coco. É difícil servirem água de coco natural em restaurantes aqui em São Paulo. Adoro! Tem também uns sucos naturais e uns chás bem interessantes.

 

O serviço é muito bom. Discreto e eficiente. E ninguém reclamou da minha máquina fotográfica!!!

 

Não anotei os preços dessa vez. Os pratos principais ficam entre R$30 e R$55 reais, sobremesas por volta de R$15. Nosso almoço ficou em R$70 cada, com serviço.

 

Sempre recomendo!

 

Pronto, acabou!

Anúncios
Posted in: Comidinhas, Sampa